O produto mais importante do local de trabalho é a cadeira. Isso porque passamos a maior parte do nosso dia sentados, o que pode significar horas e horas expondo a sua região lombar ao estresse. Por isso, a escolha correta influencia diretamente na redução do cansaço, na concentração e determina até mesmo a produtividade do seu time.

E a chancela de ter uma cadeira certificada representa uma grande aliada nesse momento, pois estes tipos de cadeiras contribuem para a saúde dos colaboradores e geram economia para as empresas. São várias as opções disponíveis para escritório ou home office,sendo implementadas em modelos mais executivos ou operacionais.

Toda cadeira não pode ser escolhida somente pela estética, mas devemos também levar em consideração a segurança, e seu conforto. É neste cenário que as certificações estão inseridas. De acordo com o Sistema Brasileiro de Certificação, existem dois tipos de certificação às quais uma cadeira precisa ser submetida:

  • Certificação de caráter voluntário: demanda proveniente do interesse exclusivo da empresa, com foco na eficiência de seus produtos;
  • Certificação obrigatória: demanda oriunda do Inmetro, de modo que um determinado produto só pode ser produzido e comercializado após esse processo.

Essas normas técnicas representam leis que devem ser seguidas para garantir uma padronização de produção e de qualidade dos produtos. E para liderar essa premissa temos a ABNT – Associação Brasileira de Normas Técnicas, que foi criada em 1940, sendo uma entidade privada e sem fins lucrativos com o objetivo de elaborar as normas brasileiras.

A ABNT é membro fundador da ISO (Organização Internacional de Normatização); membro da Copant (Comissão Pan-americana de Normas Técnicas) e membro da AMN (Associação Mercosul de Normalização). A partir da década de 1950, a ABNT passou a atuar na avaliação de conformidade, com certificação de produtos, sistemas e rotulagem ambiental.

Temos alguns exemplo:

1 – ABNT NBR 13962:2018, que podem ser classificadas em quatro tipos, ou seja, A, B, C ou D, conforme a quantidade e tipos de regulagem. São eles:

  • tipo A: possuem regulagem de altura de assento e de apoio lombar, inclinação de encosto e do assento e profundidade do assento;
  • tipo B: possuem regulagem de altura de assento e de apoio lombar e inclinação do encosto;
  • tipo C: possuem regulagem de assento e de apoio lombar;
  • tipo D: possuem apenas regulagem de altura do assento.

Com princípios básicos como estabilidade, ergonomia, desempenho e proporção, a escolha do modelo ideal deve sempre ser feita pensando nas funções de quem vai utilizá-la e o espaço que ocupará no ambiente corporativo.

São vários formatos, modelos e tipos de materiais disponíveis para as cadeiras de escritório, fazendo com que haja uma certa dificuldade em encontrar a ideal. Além dos aspectos de adequação e design nas estações de trabalho, é essencial que as cadeiras sejam certificadas e que se comprove por meio de um relatório de ensaio de atendimento à norma.

2 – ABNT NBR 15786: 2010 (Norma Brasileira 15786 de 2010)

Essa norma trata especificamente das características físicas, ergonômicas e dimensionais de cadeiras para Call Centers (teleatendimento). O mobiliário que apresenta essa certificação passou por uma auditoria rigorosa e regular, aplicada pelo órgão certificador. Essa certificação é indicativa de alta qualidade dos móveis corporativos. Este tipo de certificação promove a melhoria do processo produtivo e organizacional por meio das avaliações dos requisitos da qualidade, estimula a conscientização dos colaboradores gerando aumento da produtividade e destaca o produto no mercado, com a garantia de excelência.

3 – ABNT NBR 13962:2018 (Norma Brasileira 13962)

Essa norma trata das cadeiras para escritório, apresentando as características físicas e dimensionais mais adequadas, a partir de complexos estudos ergonômicos de uso (altura, largura e profundidade do assento; extensão vertical do encosto; altura e largura do encosto; número de pontos de apoio da base da cadeira; dentre outras inúmeras características ergonômicas). Estabelece também os métodos que determinam a estabilidade, durabilidade e resistência dessas cadeiras. Essa norma baseia-se em um uso diário de 8 horas, por pessoas que apresentam até 110 kg e altura entre 1,51m e 1,92m.

Outras certificações que também garantem a ergonomia nas cadeiras

4 – Certificação NR17

Norma Regulamentadora que  visa a estabelecer parâmetros que permitam a adaptação das condições de trabalho às características psicofisiológicas dos trabalhadores, de modo a proporcionar um máximo de conforto, segurança e desempenho eficiente.

A norma NR 17 possui vários tópicos diferenciados, nos quais a empresa tem de se adaptar, para melhor cuidar de seus funcionários. A norma NR 17 regulariza desde o assento até o apoio do pé (caso seja necessário dependendo a função), com base na medicina do trabalho. Garantindo as normas, 98% do nosso mobiliário estão regulamentadas de acordo com a norma, oferecendo maior conforto para que as usem.

Escolher uma cadeira que atenda às normas é tão benéfico para o funcionário quanto para a empresa. Pois além de evitar futuros problemas você garante a produtividade, assim, o funcionário se sentirá bem e valorizado, afinal você estará atendendo a todos quesitos que garantam o bem estar do funcionário.

É importante que o encosto da cadeira tenha inclinação e adaptação à curvatura da coluna, para que ombros e quadris se mantenham alinhados o braço da cadeira deve estar ao mesmo nível da mesa ou do apoio de teclado e o descanso de braço estejam na altura dos cotos.

5 – Certificação Greenguard Gold

Os produtos utilizados por esta certificação possuem são importados. A Certificação Greenguard  Gold ajuda a garantir que os produtos são de baixa emissão e contribuem para ambientes internos mais saudáveis. Ela também inclui critérios relacionados com a saúde e considera elementos químicos adicionais, além de exigir menores níveis de emissão total de COV. Dessa forma, garante que os produtos possam ser utilizados também em ambientes como escolas e hospitais, sem prejudicar a saúde dos usuários. No mercado Norte Americano, os produtos certificados pelo GREENGUARD são reconhecidos, referenciados ou preferidos por mais de 450 guias de compra do governo, varejistas e ferramentas de avaliação de edifícios ecológicos.

Os limites de emissão desta certificação foram os primeiros a serem usados como especificação de compra pela EPA (Agência Ambiental dos EUA) e pelo Estado de Washington para móveis e materiais de construção. Os critérios desta Certificação são utilizados desde 2002 como base para o crédito LEED para mobiliário de baixa emissão.

6 – ISO 21015: 2007

Esta certificação especifica métodos de teste para determinar a estabilidade, resistência e durabilidade de cadeiras de trabalho de escritório. A orientação é fornecida sobre a escolha de forças, ciclos, etc., para esses testes.

Os testes são projetados para serem aplicados a um móvel totalmente montado e pronto para uso. As dimensões nos testes são aplicáveis ​​a cadeiras de trabalho de escritório destinadas a pessoas adultas.

Os testes consistem na aplicação, em várias partes do item, de forças que simulam o uso funcional normal, bem como o uso indevido que pode ocorrer razoavelmente. Os testes são projetados para avaliar propriedades sem levar em conta os materiais, design / construção ou processos de fabricação.

O objetivo é demonstrar a capacidade do item de fornecer um serviço satisfatório no ambiente pretendido. Os testes foram desenvolvidos para unidades / componentes que não estavam em uso. No entanto, quando devidamente justificados, podem ser usados ​​para investigação de falhas.

ISO 21015: 2007 não fornece nenhum requisito de produto. Eles podem ser especificados em um documento de requisitos. Se não estiver disponível, possíveis forças e ciclos são sugeridos. Essas forças e ciclos podem ser usados ​​para adultos, independentemente de seu peso e número de horas de trabalho.

ISO 21015: 2007 não especifica testes de aprovação de tipo para componentes de cadeiras.

A avaliação do envelhecimento e degradação não está incluída. Os testes não têm como objetivo avaliar a durabilidade do estofamento, ou seja, materiais de enchimento e coberturas.

7 – Certificação Bifma

O Bifma Level é uma certificação voluntária para fabricantes de móveis corporativos. A norma estabelece critérios mensuráveis para fabricantes em diferentes estágios da sua jornada de sustentabilidade. Os fabricantes que obtêm certificação BIFMA Level demonstram ao mercado que seus produtos, instalações e políticas da empresa cumprem rigorosos requisitos de sustentabilidade.

Os créditos são distribuídos em quatro categorias: Materiais, Energia e Atmosfera, Saúde Humana e dos Ecossistemas e Responsabilidade Social. Cada categoria apresenta pré-requisitos, bem como créditos relacionados a produtos, instalações e a organização como um todo.

Com base nos pontos acumulados, os fabricantes podem obter um dos três níveis possíveis de certificação:

Nível 1 – 32-44 pontos

Nível 2 – 45-62 pontos

Nível 3 – 63-100 pontos para BIFMA, e 63-94 para FEMB

O BIFMA Level só pode ser concedido por um organismo de certificação acreditado, como a UL.

Após a obtenção da certificação o fabricante pode utilizar a marca BIFMA Level para promover a sua certificação para o mercado. Esta marca é uma ferramenta de divulgação que garante credibilidade para os especificadores de programas de compras sustentáveis e ambientalmente responsáveis. Além disso, a certificação BIFMA Level também pode contribuir para créditos no LEED.

Mas como se adaptar às regras?

Após entender sobre a importância das certificações e como aplicá-las no ambiente de trabalho. Abaixo iremos dar algumas dicas que podem te ajudar a seguir essas regras.

  • Apoio para teclado ajustável e apoio para monitor ajustável.
  • Mesma distância entre olho-computador, olho-documento e olho-teclado, evitando o desgaste e movimentos repetitivos do pescoço.
  • Iluminação adequada.
  • Mobiliário opaco, evitando o reflexo da luz no móvel.
  • Mobiliário ergonômico.
  • Cadeira regulável.

Agora que você sabe tudo sobre certificação, que tal conferir algumas opções de cadeiras para escritórios que a Mirage possui? Acesse nosso e-commerce e confira nossas linhas de produtos.

A Mirage atua no mercado de móveis para escritório desde anos anos 60, garantindo qualidade e bom atendimento para você!

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *