As empresas estão se adaptando para levar ao mundo digital tantas atividades quanto for possível: desde reuniões, rotina de tarefas, workshops e até jornada de compra estão sendo mais constantes no ambiente eletrônico. Claro que essas práticas já aconteciam com certa frequência, mas temos que admitir que a prática ganhou muito mais importância após o advento da pandemia do Covid-19.

 

O mercado está passando por transformações e não estamos falando apenas de Home Office para colaboradores. Elas são mais profundas que devem se estender não somente neste ano atípico, mas que deve perdurar ao longo dos anos. Algumas mudanças podem até se tornar tendências, mas o que de fato pode acontece?

 

E a famosa “pergunta que não quer calar”. Por isso, a Mirage resolveu montar alguns tópicos para elucidar como essa nova rotina do mercado poderá aplicar em algumas mudanças nas empresas.

 

1 – Reforço no posicionamento de marca em relação a pandemia.

 

Mesmo com a dificuldades previstas pelos efeitos da pandemia na psicologia do consumidor, pode-se dizer que a forma como as empresas se posicionam durante a crise é fundamental para a manutenção dessa relação. Os consumidores se identificam quando observa que está passando pela mesma dor que a sua empresa. ou seja, quando consegue ver a preocupação da mesma para os problemas impostos pela pandemia.

 

Para isso, dicas (Linkagem interna: https://miragemoveis.com.br/como-retomar-a-rotina-de-trabalho-dos-seus-colaboradores-apos-a-flexibilizacao-do-isolamento-social/) para diminuir ou enfrentar esse impacto reafirmam o posicionamento desta nova rotina. Isso também promove um recado de que sim, a sua empresa está na mesma página que o seu cliente.

 

2 – Meios de pagamento digitais

 

Por questões sanitárias, o dinheiro em papel terá a sua circulação restrita. Isso deve acelerar as parcerias entre bancos e operadoras de celular. O mesmo vale para a adoção de tecnologias como QR Code, pagamento por aproximação (NFC – Near Field Communication) e via celular, como como Apple Pay, Android Pay.

 

Outro ponto que merece atenção é o crescimento da demanda por soluções em nuvem. Com os colaboradores espalhados, é ainda mais interessante para as empresas manter sua infraestrutura 100% online e acessível.

 

3 – Novo normal no relacionamento com clientes

 

O isolamento social deve se manter em algum nível na cultura das pessoas. Empresas que trabalham em contato direto com o consumidor precisam repensar suas estratégias para fortalecer essa relação na internet. Lojas virtuais (e-commerces), por exemplo, tendem a se tornar o principal canal de vendas para muitos setores.

 

A cibersegurança também tende a ganhar força. Com a vigência da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) se aproximando, é importante estar alinhado com a regulamentação e não colocar a empresa em risco. Por fim, vale destacar que a presença da marca nas redes sociais — e na internet como um todo — nunca foi tão essencial para captar e fidelizar clientes.

 

4 – Importância da parceria com outras empresas

 

Parceria entre duas Instituições costumam a reduzir burocracias de ambos os lados porque essa cooperação facilita os trâmites internos de todos os envolvidos, resultando em maior facilidade nas formas de pagamento do clientes; logística de entrega; promoções; entre outros.

 

Isso agrega valor em vários aspectos onlines, como:

 

Físico com entrega direta;

online por voz;

Live commerce;

Streaming;

Marketplaces;

Redes sociais e união dos players;

Apps e uma profusão de universos que habitam na nuvem.

 

5 – Fortalecimento no mercado interno, local e regional

 

As cadeias de abastecimento podem se voltar para dentro, buscando minimizar os efeitos da alta dependência de fornecedores asiáticos no suprimento de itens essenciais para a fabricação de produtos. As empresas tenderão a buscar menor dependência de poucos fornecedores e vão ampliar seus “colchões” de abastecimento. E com isso, a fabricação de itens em locais mais próximos deve ser também resultado desse processo. E o consumidor vai redescobrir a beleza da proximidade e da possibilidade de construir um relacionamento com o comércio local.

 

6 – Autogestão entre colaboradores

 

As hierarquias continuam, é claro. Mas este novo mercado indica uma necessidade de empoderar as equipes, incentivando a autogestão e a confiança nas entregas. Por conta dos efeitos da pandemia os consumidores devem ficar mais ponderado em relação ao custo de produtos e serviços por medo de consumir e gastar suas reservas.

 

Também estarão menos fiel a marcas e mais aberto a testar aquelas que ofereçam mais valor, propósito e conexão pelo menor preço. Serão mais ativistas de causas reais e ao propósito das marcas, avaliando as atitudes e o posicionamento delas perante a crise.

 

7 – Mas o que fazer para se adaptar neste novo mercado?

 

O primeiro passo é alinhar as suas estratégias tendo em vista alguns cenários apresentados acima. A gestão de negócios pós-pandemia deve estender o home-office como alternativa viável, por exemplo, já que a infraestrutura estará pronta e as vantagens disso são muitas: menos tempo de deslocamento, acessibilidade a qualquer momento, menos custo para manter as instalações da empresa etc.

 

Contudo, um ponto essencial é avaliar as necessidades de todos os colaboradores que compõem a sua força de trabalho. Se for possível adotar o home office permanentemente para reduzir custos fixos, é preciso entender quais medidas permitirão isso. Três pontos merecem atenção especial nesse sentido:

 

  • Qualidade do notebook e de outras tecnologias necessárias;

 

  • Cuidados com a segurança da informação da empresa;

 

  • Qualidade da conexão para garantir disponibilidade dos colaboradores.

 

(Fonte de pesquisa dos tópicos apresentados por meio dos sites: revistasafra.com.br e ecommercebrasil.com.br)

 

E aí, curtiu? Esperamos ter te ajudado!

 

Sobre a Mirage Móveis

 

A Mirage é uma loja voltada para a venda e a manutenção de escritórios corporativos no Rio de Janeiro. Atuando no mercado desde a década de 60, a Mirage Móveis é referência na área. Visite nossas lojas física e virtual e descubra um mundo de possibilidades!

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *