Neste tempo de quarentena por conta do Covid-19, a maioria das empresas já estão adotando o regime de home office pelo Brasil. Se essa modalidade de trabalho é uma novidade para a sua empresa e você precisa oferecer conforto para os seus colaboradores, nós podemos ajudar.

Com o surgimento de novos empregos e cargos de trabalho, além da maior facilidade em criar a própria empresa ou fazer home office é uma modalidade que veio para ficar. Como tudo que é novidade, é preciso pensar em modos de tornar o ambiente e o trabalho mais propícios para a atividade, principalmente quando misturamos dois mundos em um só.

Afinal, não temos como afirmar que trabalhar de casa é um mundo formado apenas de prós. A verdade é que o home office também tem seus contras, que podem ser bastante expressivos. Neste texto, vamos falar um pouco mais sobre um dos maiores problemas encontrados no home office: a produtividade.

Também daremos dicas de como montar um escritório em casa, unindo um pouco dos dois mundos, tendo como norte seu conforto, saúde e, claro, dinheiro. Tão importante quanto os dois primeiros tópicos, vamos conversar sobre móveis, nossa maior especialidade, para que você saiba como comprar os ideais para você!

 

Iniciando seu Home Office

A construção de um home office que atenda suas necessidades não é uma tarefa fácil, porém não é impossível de ser feita. Você precisará apenas de muito planejamento. Por isso, você pode iniciar esse capítulo buscando uma das duas alternativas que temos: construir o espaço por si ou contratar um arquiteto.

Caso seja possível, o ideal é atribuir esse trabalho a um arquiteto. O profissional conseguirá captar como ninguém o que você realmente precisa em um espaço de trabalho. Você pode achar que o preço de um arquiteto está fora das suas condições, mas a verdade é que é impossível determinar isso sem ter pesquisado. Na dúvida, pesquise!

Às vezes caímos no erro de fazer as coisas por si, sem uma orientação profissional, e acabamos gastando mais se levarmos em consideração tempo e falta de know-how. Um arquiteto saberá transformar um ambiente para suas necessidades, além de ter conhecimento sobre onde estão os melhores materiais com os melhores custos.

Com a ajuda de um arquiteto, você ganhará tempo, conseguirá fazer escolhas mais assertivas e não precisará se preocupar com um trabalho a mais.

Construindo um home office por conta própria

Se você pesquisou no mercado e viu que tem uma necessidade, mas que infelizmente não pode arcar com os valores de um profissional, a alternativa é realizar a decoração por si.

Para construir um home office que atenda suas necessidades, o ideal é pensar bastante para estruturar muito bem seu espaço e evitar ter que refazer seu trabalho.

Por isso, você pode começar a pensar nos seguintes tópicos:

 

  • Qual é o seu nicho de mercado?;
  • O que é necessário para realizar seu trabalho todos os dias?;
  • Você receberá visitas de clientes ou parceiros?;
  • Fará videoconferências?

 

Neste ponto da nossa conversa, é essencial que você inclua no papel tudo que poderá precisar, levando em conta seu histórico dentro dessa função.

Se você costuma abrir seu escritório para reuniões presenciais, é importante ter por perto uma máquina de café ou um frigobar com água para oferecer para as pessoas.

Se o seu trabalho depende de constantes ligações feitas através do telefone fixo, é ideal que tenha uma linha no seu escritório para evitar levantar toda hora.

Bom, feito isso, é necessário voltar alguns passos e pensar em maneiras de aumentar sua produtividade. Com a ajuda da arquitetura, podemos trabalhar da seguinte maneira:

 

  • Encontre os móveis ideais para você e para seu trabalho (falaremos mais a frente sobre isso); 
  • Invista em iluminação. Pensando no ambiente, procure aproveitar a luz natural o máximo possível! Logo, procure por um cômodo que tenha uma boa janela; 
  • Decore o ambiente com elementos que lhe tragam felicidade, como fotos de pessoas queridas, móveis com cores vibrantes, puffs, cartazes de um evento que você foi ou até mesmo plantas. Só uma dica: tente manter o ambiente clean. Não se anime, do contrário você construirá um ambiente lotado de coisas e totalmente claustrofóbico; 
  • Crie um ambiente convidativo: tire proveito do fato de estar trabalhando em casa para levar o conforto do lar para dentro do escritório. Você pode fazer isso com a ajuda de um tapete, de um sofá ou de um instrumento musical.

Agora é a hora de pensar na disposição dos móveis a partir das suas necessidades. Pense de modo a deixar as coisas mais práticas e bem posicionadas possíveis.

Por exemplo, se você costuma realizar videoconferências com seus clientes e parceiros, alinhe a câmera do seu computador de modo que eles tenham uma visão agradável do cenário atrás de você: pode ser uma planta, um quadro ou uma estante de livros.

Pense também que a luz da janela não pode atrapalhar sua visão do monitor. Se você costuma fazer ligações e precisa estar com o computador por perto, é melhor deixar um aparelho disponível na sua mesa.

Se toda hora você precisa consultar contratos e outros documentos impressos, mantenha em mente que ter um armário ou um gaveteiro por perto é uma boa saída para evitar levantar-se a todo momento.

Junto a isso tudo, não esqueça de medir bem o seu espaço, principalmente na hora de comprar móveis para ele. É importante que as coisas não fiquem apertadas demais, fazendo com que o fluxo de movimento seja possível.

 

Cadeiras e móveis para home office: como escolher?

Por último, mas não menos importante: a escolha de cadeiras e móveis para seu home office é essencial para garantir produtividade, conforto, saúde e estilo. Seja em qual ambiente for, é certo dizer que passamos longas horas de frente para o computador. Se o relógio sabe disso, acredite: nosso corpo sabe muito mais.

Um móvel mal escolhido, principalmente as cadeiras, pode ser o caminho mais curto para problemas de pescoço, coluna ou de circulação sanguínea. Ao escolher móveis para seu escritório, procure analisar bem as opções, procurando por aquelas que se adaptam melhor ao seu corpo – e não ao contrário!

As mesas também não ficam para trás: elas são importantes para garantir que você não precisará ficar encurvado demais para trabalhar. O contrário também pode ocorrer. Existem mesas cuja altura ultrapassa os moldes essenciais, deixando o usuário com a sensação de estar fazendo esforço para estar ali.

As duas opções prejudicam a postura, causando dor e cansaço em que as utiliza. Por isso a importância de estudar muito bem sobre os móveis que pretende comprar. Para ajudar, procure investir em acessórios que deixe seu dia a dia mais confortável, como elevação para monitores e notebook, além de apoio para os pés e mãos.

Uma vez que o conforto e a questão da saúde estão bem definidos, procure olhar para outro ponto: o design e o estilo do móvel que você pretende comprar. Procure por cadeiras e mesas que sejam funcionais, que se adequem àquilo que você quer passar e viver dentro do seu home office, e que tenham um charme a mais.

Móveis coloridos, por exemplo, inspiram a modernidade e a alegria. Móveis mais sóbrios, promovem a sensação de um ambiente mais sério e sofisticado. Também muito importante na hora de escolher seus móveis, é procurar por um fornecedor que preste assistência de qualidade não só na entrega, como também no pós-venda.

 

E aí, Curtiu?

A Mirage é uma empresa com mais de  50 anos de atuação no mercado, ofertando o que há de melhor em móveis para escritório, projetos personalizados e reformas de cadeiras no Rio de Janeiro. 

 

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *